quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Para bem do desporto :)

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) vai publicar pelo quarto ano consecutivo - a quinta edição está já "assegurada" - um calendário de cariz solidário que tem como objetivo apoiar estudantes com dificuldades financeiras e lutar contra o abandono escolar. O calendário, com alunos e atletas, tem como característica o "nu artístico, ausente de cariz sexual ou erótico, o que é um das grandes segredos e mais-valias do calendário".

As palavras são de Nuno Gonçalves, de 40 anos, fotógrafo, treinador de judo e mentor do projeto. A ideia surgiu numa "altura em que se falava muito da crise", algo que sentia já no grupo de judo orientado por Nuno, com vários alunos a terem dificuldades em pagar as mensalidades.
Mas não são só alunos que entram no calendário, o atleta olímpico Emanuel Silva já participou e a edição de 2018 conta com a espanhola Rocío Sánchez Estepa, campeã mundial universitária de Karaté no ano passado e medalha de bronze sénior em 2014. É a primeira "internacionalização" do calendário.

"Na altura, há quatro anos, havia o calendário dos bombeiros e era ainda território por explorar, mas sabia que ia ser um sucesso. Por causa da crise, do abandono escolar e do grupo que tínhamos", disse Nuno Gonçalves ao DN, destacando ainda o facto de terem existido desde logo voluntários para as fotografias, mesmo que estas envolvessem não vestir qualquer peça de roupa.
Até na própria Academia, que tende a ser mais "fechada", a ideia foi logo "bem acolhida".
18 mil euros em três anos
Nas três edições anteriores foram angariados cerca de 18 mil euros e, no primeiro ano, a Federação Internacional de Judo "fez um donativo de cinco mil dólares", conta.
"A Universidade do Minho é a que tem mais alunos bolseiros. Em 2016/2017 existiram 6754 candidaturas e foram atribuídas 5542. Existiram ainda 144 candidaturas ao Fundo Social de Emergência (FSE) e 98 receberam candidaturas para continuar os estudos", explicou.
"O principal objetivo é angariar verbas e alertar para o abandono escolar", disse Nuno Gonçalves, que também foi aluno da Universidade do Minho.
Para já, foram impressos 800 calendários, a cinco euros cada, mas "com o apoio da gráfica" será fácil imprimir mais, caso seja necessário.
O Fundo Social de Emergência
"O FSE é uma prestação pecuniária atribuída a fundo perdido, isenta de quaisquer taxas, que se destina a colmatar situações pontuais decorrentes de contingências ou dificuldades económico-sociais, com impacto negativo no normal aproveitamento escolar do estudante, e que não possam ser convenientemente resolvidas no âmbito dos apoios previstos pelo sistema de Ação Social para o Ensino Superior", explica o site da AAUM.
A Fundação Benfica já pondera fazer o mesmo com as equipas das belas jogadores do SLB...atuais e futuras :)

Ingratos

Cambada de ingratos que eu leio na net... 
Até parece que já não se lembram da chuvada que apanhámos em cima no Jamor há poucos meses atrás!!! Já viram do que se livraram? 
Ufas...bem esgalhada esta saída estratégica. Agora é que já ninguém nos agarra.
 #proanohamais#fdx #votatiririca

Já sei, já sei... Não precisam de dizer que esta também só atrapalhava o caminho para o penta...

Mas não dava mesmo para pintar pior cenário?...

Ao menos não fomos goleados... Ao menos? Acham mesmo que teria sido pior?

Apoia e cala-te, crl! Depois queres ir para o Marquês festejar quando só andaste a atrapalhar. É isso.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Vai ser duro de roer

Já lá andámos à deriva naquele Rio (Ave) esta época.

Agora é a eliminar. Sem margem para errar se queremos estar no Jamor!

Rui Vitória convocou 20 jogadores para defrontar o Rio Ave FC.
Guarda-redes: Svilar e Bruno Varela.
Defesas: Lisandro, Grimaldo, Luisão, Jardel e André Almeida.
Médios: Fejsa, Filipe Augusto, Samaris, Zivkovic, Salvio, Krovinovic, Pizzi, Cervi, Diogo Gonçalves e João Carvalho.
Avançados: Raúl, Jonas e Seferovic.

Svilar; Almeida, Luisão, Jardel, Grimaldo
Fejsa, Samaris, Krovinovic; Diogo, Zivkovic e Raúl

Do banco: Salvio, Jonas e Pizzi (ou Cervi)

Às 21h!

Boa aposta

O Benfica chegou a acordo para a renovação de contrato com João Félix, uma das grandes promessas da formação encarnada.

O médio ofensivo, de 18 anos, prolongou a sua ligação ao clube da Luz por quatro temporadas, depois de se ter estreado pela equipa B das águias em setembro de 2016, tendo sido o jogador mais novo de sempre a fazê-lo, com apenas 16 anos.

«Estou muito feliz. Era um objetivo que já tinha traçado e agora é continuar a trabalhar para conseguir alcançar mais objetivos. A renovação é muito boa, mas o que interessa é dentro de campo, ajudar a equipa a conseguir bons resultados. Não gosto de projetar sonhos elevados porque podem não acontecer. Prefiro ir pouco a pouco», salientou o jovem médio, em declarações à BTV.

Aos 18 anos, João Félix conta já 20 jogos, e quatro golos, na Liga2. 

Se continuar a trabalhar com juízo, vai ter um grande futuro pela frente e contamos com muitas alegrias daqueles pézinhos que têm muito potencial. Que assim seja!

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Barba rija?

Tal como fora anunciado, há alguns meses, pelo presidente do Sport Lisboa e Benfica, o futebol feminino será uma realidade, e já a partir da temporada desportiva 2018/19.
Assente numa gestão profissional, e dando resposta aos anseios de diversos agentes desportivos e dos Sócios do SL Benfica, o projeto tem estado a ser preparado com a necessária discrição, mas com a elevada exigência praticada no Clube e visando uma equipa que carregue os valores da paixão, do compromisso, da competência e da inovação.
Após rigoroso processo de estudo e análise sobre as consequências da entrada do SL Benfica no futebol feminino, e perante o notório crescimento nacional e internacional desta modalidade, ao qual o Clube não pode ser alheio, naquele que é considerado por muitos o desporto-rei, podem já assumir-se algumas linhas mestras que guiarão o arranque da futura equipa sénior:
- Por respeito e preservação do esforço e investimento na formação e desenvolvimento da modalidade que muitos clubes têm realizado, há longos anos, o SL Benfica iniciará a participação nas provas nacionais em 2018/19 no Campeonato Nacional de Promoção;
- O futuro do futebol feminino do SL Benfica será um espaço reservado para a excelência desportiva, através de uma visão sustentada e diferenciada;
- Será mantida a ligação às escolinhas e à formação, onde já existe no Clube a presença de jovens jogadoras, que no passado não tiveram uma solução de continuidade e que agora poderão apontar para um percurso que vise a alta competição;
- O SL Benfica acredita que, desta forma, influenciará o desenvolvimento da modalidade em Portugal e contribuirá para uma ainda maior projeção além-fronteiras, com elevado potencial para atrair novos adeptos e patrocinadores.
Além de tudo isto, a aposta acaba por ser resultado de uma evolução natural no ecletismo e na inclusão feminina, depois de o Clube ter já em atividade, por exemplo, equipas competitivas de hóquei em patins, futsal, basquetebol, râguebi e pólo aquático.
Durante os próximos meses, o SL Benfica preparará meticulosamente a próxima época desportiva e anunciará a constituição da equipa técnica e o plantel de atletas contratadas para o arranque de um grupo de trabalho que competirá para estar à altura das melhores expectativas dos adeptos Benfiquistas.

Ah e tal, o futebol é para homens de barba rija... Ya, para isso está lá o Rafa.
Agora atrevam-se a meter com elas que vão ver...! :)
Se é para entrar, que seja em força e com ambição de vencer numa área onde já andam rivais e que recrutaram facilmente sem oposição na altura as melhores executantes.

Até que enfim

Ufas...até que enfim não vamos ter jogo do Benfica no dia de S. Valentim.

Finalmente as namoradas vão poder ter atenção no dia 14 Fevereiro graças à eliminação das competições europeias.

Em nome das românticas obrigadinho maltinha pelo pleno de derrotas europeias!

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Felizmente ninguém dá conta

Felizmente ninguém dá conta do que temos ali.

Continuem a chamar de craques aos outros. A dar os prémios de melhor em campo aos outros.

Assim seja e pode ser que aquela franjinha continue assim humilde em vez de começar a levar gel e penteados de craque da bola.

Felizmente poucos se apercebem que é quase sempre o melhor em campo. O jogador que mais faltas sobre, que mais bolas recupera, que mais linhas de passe abre. E no sábado, 2 dos golos são só encostar graças aos passes que saíram daquele pé esquerdo argentino.

E quando falha...um passe uma finta...fica muito mais frustrado do que qualquer um de nós.

Sábado voltou a ser o melhor em campo. Só não é o melhor jogador do plantel porque anda lá um extraterrestre chamado Jonas. Felizmente todos os olhares continuam focados noutros nomes. Que assim continue...pois é graças ao Franco que vai havendo futebol em campo. Agradece o Jonas. Agradecemos nós.

Relativamente ao jogo...dois reparos...não deixa de ser curioso jogarmos contra o último e com posse de bola não conseguirmos encostar o adversário, sendo de contra-ataque que resolvemos a partida...e também termos sofrido um golo de uma equipa que não marcava há 3 meses...e só não marcou mais porque o Varela safou 2 ou 3...

Não comecem a cantar já outra vez que este ano há mais...é rumo ao hexa...ok?... E continuem a não falar do Franco...não vá alguém se aperceber...

4a feira temos um jogo muito difícil em Vila do Conde. E resta saber que gestão do plantel se poderá fazer atendendo à dificuldade do jogo que decide a continuidade da luta rumo ao Jamor...