terça-feira, 30 de agosto de 2016

Foram à terrinha

Eliseu (Portugal), André Horta e Gonçalo Guedes (sub-21 de Portugal), Fejsa e Zivkovic (Sérvia), Samaris e Mitroglou (Grécia), Raúl Jiménez (México), Lindelof (Suécia), Celis (Colômbia) e Grimaldo (sub-21 de Espanha) foram "à terrinha", que é como quem diz, foram chamados às respetivas seleções nacionais, e como tal não estarão a afinar os motores no Seixal!

Que voltem inteiros!

Novelas!

O mercado a fechar amanhã...e tanta coisa ainda pode acontecer!

De repente Salvio e Carrillo começaram a ganhar terreno...e ninguém ainda os levou. Carcela também ainda não definiu o futuro. E a novela Rafa arrasta-se e desde 5a feira passada que digo que me cheira a bomba de fecho de mercado...pois há aí um clubezeco ressabiado que estes dias está a encher o bolso de notas e na verdade até precisa mais do Rafa do que nós...e daria o tomate esquerdo para poder passar a perna não a 1...mas sim a 2 rivais...
Tem-se estranhado o caso de Danilo no Benfica...que vinha como solução alternativa ao Horta mas ainda nem calçou e na Choupana até foi Celis quem entrou (quando se pensava que seria Samaris a opção...ah e claro que como os 2 gregos não jogaram dizem logo que estarão de possível abalada).
Há dossiers para fechar com urgência. Uns que são mais estranhos, como Amorim, Pelé, Lolo, Guzzo, pois são bons jogadores e com mercado. Outros que não têm espaço e importava não deixar parados, como Jovic, Benitez, por exemplo. E outros problemáticos, como o Bilal e Taarabt.
Será que ainda teremos alguém a chegar? E quem poderá estar de malas aviadas?...

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Mais uma Supertaça para o Museu Cosme Damião

Benfica derrota ABC (25-24) e conquista a Supertaça



O Benfica derrotou, este domingo, o ABC, por 25-24, e conquistou a Supertaça de andebol.

A equipa encarnada fez uma forte recuperação nos últimos minutos e conseguiu dar a volta ao resultado.

Fonte: Jornal ABola

Qualquer dia temos de comprar o Colombo, só para colocar as taças.

domingo, 28 de agosto de 2016

Ganharam e agora não querem outra coisa

A mais difícil foi a primeira vitória, que aconteceu na semana passada, e esta semana ganharam de novo, no campo das Aves.

O Benfica B venceu nas Aves por 2-1 e subiu, provisoriamente, ao quarto lugar da II Liga, com oito pontos somados. Foi a segunda vitória da época, conseguida de forma consecutiva, de resto.
Os encarnados marcaram primeiro, por Heriberto Tavares, ainda na primeira metade, mas o Desp. Aves empatou, por Barry, no segundo tempo. A igualdade, porém, durou pouco. Diogo Gonçalves, num golo cheio de classe fez o 2-1 final pouco depois.
A equipa de Ivo Vieira continua com os mesmos 5 pontos na tabela.

Onzes iniciais:
DESP. AVES: Quim, Renato Reis, João Pedro, Hackman, Nélson Pedroso, Ericson, Bruno Alves, Pedró, Zé Tiago, Alexandre Guedes e Barry

BENFICA: André Ferreira, Alan Benítez, Rúben Dias, Francisco Ferreira, Yuri, Pedro Rodrigues, Guga, Dálcio, Heriberto Tavares, Diogo Gonçalves e José Gomes

Filme do jogo:

23m: GOLO DO BENFICA B, 0-1! Passe de Dálcio a rasgar a defesa do Desp. Aves e Heriberto Tavares, isolado na cara de Quim, não perdoa e faz o primeiro

59m: GOLO DO DESP. AVES, 1-1! Centro de trivela de Nelson Pedroso e cabeceamento de Barry ao segundo poste, fazendo o empate.

62m: GOLO DO BENFICA B, 1-2! Golaço! Centro de Dálcio na esquerda, Diogo Gonçalves recebe no peito e, sem deixar cair, coloca a bola no fundo da baliza, com muita classe.


Esta temporada tem de ser mais tranquila que a época passada, pois o lugar desta equipa é na II liga.

Vitória suada, mas justa!

 
 
O onze que Rui Vitória apresentou ontem na Choupana foi uma resposta ao empate na semana passada na Luz. Alguns jogadores "apagaram-se" desde a Supertaça e o treinador tem a obrigação de reagir.
 
As surpresas foram as entradas dos avançados Jonas e Jiménez, para os lugares do Mitroglou e Cervi. Com esta alteração tentava melhorar a eficácia na finalização, apontado como o principal problema na jornada passada.
 
A surpresa da entrada de Jonas é apenas pela lesão recente e não termos informações da sua recuperação. A sua ausência na equipa era preocupante e o perfume do seu futebol faz MUITA falta.
 
O onze titular foi:
Júlio César; Nélson Semedo, Lisandro, Lindelof, Grimaldo; Fejsa, André Horta, Pizzi, Salvio; Raúl Jiménez e Jonas.
 
O Pizzi jogou no lado esquerdo, no lugar que tem sido ocupado por Cervi, Jiménez substituiu Mitroglou e o Jonas jogou no seu lugar, que desde a sua lesão foi ocupado pelo Gonçalo Guedes ou Pizzi.
 
Este onze poderá ser uma forma de equilibrar a equipa, mantendo o Pizzi, com o Sálvio, que está claramente a subir de forma, O sacrificado poderá ter que ser o Cervi. Há muitos jogos para fazer e haverá oportunidades para todos.
 
As duas equipas entraram com muita vontade de ganhar o jogo, mas o autogolo do Aly Ghazal arrefeceu os ânimos, com o Benfica a controlar e a criar algumas oportunidades de dilatar o placar.
 
No início da 2ª parte o jogo animou de novo, com as duas equipas a criarem perigo, com o Sálvio a rematar ao poste o Jonas a falhar escandalosamente. "Quem não marca sofre" e o Nacional empatou.
 
O Rui Vitória já preparava a entrada de Celis (saiu o André Horta) e Carrillo (saiu o Pizzi), e o peruano passados apenas 5 minutos colocou o Benfica de novo na frente, estreando-se a marcar com o manto sagrado. Grande jogada do Sálvio, com excelente passe, Carrillo recebeu dentro da pequena área, fintou um defesa e marcou golo. Boa estreia!
 
 
 
 
 

 
Já nos descontos o mexicano Jiménez fez um golo "à ponta-de-lança" pressionando o defesa do Nacional e, isolado frente ao guarda-redes, rematou sem apelo nem agravo. Este golo premiou uma boa exibição do Sr. 22 milhões que lutou muito todo o jogo, foi importante no lance do 2º golo e marcou o terceiro.
 
 
 
 
Outros destaques para o Sálvio, novamente capitão, que sofreu a falta que originou o livre e o autogolo madeirense, rematou ao poste na 2ª parte e assistiu para o 2º golo, entre outras jogadas perigosas. O sérvio Fejsa esteve em grande, tanto a defender como a lançar os extremos. Por último a entrada de Carrillo que voltou a colocar o Benfica na frente e que mostrou que poderá ser um jogador importante, se voltar a jogar o que já mostrou no outro lado da 2ª circular.
 
 

Não gosto de gozar com os rivais, mas este vídeo é bom demais!

Os lagartos compraram o André ao Corinthians, onde é conhecido como André Balada, e a torcida corinthiana agradeceu.
No vídeo em baixo um adepto brasileiro demonstra como ficou muito feliz com a saída desta vedeta. Cheira-me a flop!



Não gosto de gozar com ninguém, muito menos com um rival, mas está muito bom. :)

sábado, 27 de agosto de 2016

Encontrei o Rafa!

Não apenas 1...mas sim 4!!!

Bela novela, hein?  ;)

Agora vamos ao que interessa! Zimbora mazé ganhar ao Nacional que o resto é conversa!
Às 20h30, quero-te ver a ganhar!!!